Urano

Urano

Urano é o sétimo planeta a partir do Sol e recebeu o nome da antiga divindade
grega dos Céus, o mais antigo deus supremo. É o terceiro maior planeta
do Sistema Solar e é três vezes maior do que a Terra.

A atmosfera de Urano é rica em hidrogênio e hélio. Se você observar Urano através
de um telescópio, verá que é de uma cor azul-esverdeada brilhante, que é
causada pelo gás metano (cerca de 2%) que está presente em sua atmosfera.
Imagens da sonda Voyager mostraram Urano como um mundo azul colorido em que
absolutamente nada acontece. Porém, as primeiras impressões enganam. Embora
esse gigante planeta gasoso possa parecer tranqüilo, os ventos em Urano passam pelo planeta
em velocidades de centenas de quilômetros por hora. Sendo assim, o planeta não é nenhum pouco
tranqüilo.


Por que Urano é diferente dos outros planetas




Fotografia cedida pela Nasa

Foto de Urano feita pelo Telescópio Hubble tirada
em luz infravermelha para que obter mais informações sobre as camadas
da atmosfera. As diferentes cores do planeta mostram diferentes
camadas .



Curiosamente, o equador (a "cintura") desse planeta estranho fica quase
em ângulo reto com a órbita do planeta em volta do Sol. Portanto, Urano gira
do sul para o norte, em vez de leste para oeste como a Terra
e todos os outros planetas (ou oeste para leste, como Vênus). É possível que o planeta tenha ficado inclinado para o
lado bilhões de anos atrás, ao ter sido atingido por um objeto grande o suficiente para alterar
a rotação do mesmo. Devido à sua inclinação incomum, Urano tem estações muito
extremas. Urano demora 84 anos terrestres para completar uma volta em torno do Sol. De fato, ele está
tão longe do Sol que sua temperatura é de aproximadamente -200º
C. A duração de um dia em Urano é de 17 horas e 24 minutos.

Assim como Saturno (e o restante dos planetas gasosos), Urano também tem um sistema de anéis.
Os anéis são pouco visíveis e podem ser vistos apenas por instrumentos como o
Telescópio Espacial Hubble ou sondas como a Voyager. Os anéis são
compostos por grandes pedras de gelo (de várias dezenas) e poeira espacial.




Fotografia cedida pela Nasa

A Voyager enviou imagens dos anéis
de Urano.



­As luas de Urano

Urano tem uma família de luas bastante interessante. O planeta tem pelo menos 27 luas. Uma variedade de luas rochosas, de gelo e algumas que são uma combinação
de ambos. Uma das luas mais interessantes de Urano é Miranda. Embora
essa lua tenha apenas 470 km de diâmetro, a missão Voyager enviou
uma fotografia que mostrava um desfiladeiro com mais de 16.000 m de altura - a maior
montanha da Terra, o Monte Everest, tem apenas cerca de 8.850 m de altura. Imagens de
Miranda mostram que essa lua teve uma existência difícil, evidenciada pelas diversas fraturas
em sua superfície.

Urano já era conhecido há muitos anos, mas todos que viam o planeta achavam que se tratava-se de
uma estrela. Em 1781, Sir William Herschel tornou-se a primeira pessoa
a identificar Urano como um planeta. Ele também descobriu duas de suas luas. Em 1782,
o Rei George III da Inglaterra (famoso pela guerra contra a independência dos EUA) nomeou Herschel astrônomo real.


Informações sobre Urano
  • Diâmetro:
    51.118 km
  • Distância média do
    Sol:
    2.870.972.200
    km (19,19 UA)
  • Luas:
    pelo menos 27
  • Composição:
    Um núcleo rochoso envolto por gelo e hidrogênio