Como funcionam os satélites

Autor: 
Gary Brown

Até pouco tempo atrás, os satélites eram dispositivos exóticos e ultra-secretos. Foram usados primeiramente para fins militares, para atividades como navegação e espionagem. Agora eles são uma parte essencial de nosso dia-a-dia. Podemos ver e reconhecer seu uso em relatórios meteorológicos, transmissão de televisão via satélite e chamadas de telefone diárias. Em muitos outros casos, os satélites desempenham funções secundárias que escapam à nossa atenção.

  • Alguns jornais e revistas conseguem transmitir notícias de última hora porque enviam seus textos e imagens para diversos locais de impressão via satélite para acelerar a distribuição local.
  • Antes de enviar sinais por cabos até nossas casas, a televisão a cabo depende de satélites para distribuir suas transmissões.
  • Os motoristas de táxi e limusines mais confiáveis estão usando, às vezes, o sistema baseado em satélites denominado Global Positioning System (GPS) para nos levar até o lugar certo.


Imagem cedida pela NASA
Satélite GPS NAVSTAR

  • As mercadorias que compramos alcançam os distribuidores e revendedores de forma mais eficiente e segura porque as empresas transportadoras rastreiam o progresso de seus veículos com o mesmo GPS. Algumas empresas podem saber se os motoristas estão dirigindo muito rápido.
  • Transmissões de rádio de emergência de aviões acidentados e navios em perigo podem alcançar equipes de busca e salvamento quando satélites retransmitem o sinal.

Neste artigo, mostraremos como os satélites operam e o que fazem. Você poderá vê-los por dentro e por fora, explorar os diferentes tipos de órbitas e descobrir por que a sua aplicação afeta o tipo de órbita escolhida. Iremos até mesmo explicar como você mesmo pode ver e rastrear um satélite.

Teste seus conhecimentos sobre:

satélites