Dando corda

Autor: 
Marshall Brain

O problema de ter de dar corda a cada 20 minutos é fácil de resolver. Como discutido em Como funcionam as relações de marchas, você pode criar um trem de engrenagens de relação alta que faz com que o tambor gire talvez uma vez a cada seis a 12 horas. Isto lhe daria um relógio que precisaria de corda apenas uma vez por semana, mais ou menos. A relação de engrenagens entre o tambor do peso e a engrenagem do escapo pode ser algo como 500:1, conforme mostrado no diagrama abaixo:


Neste diagrama, a engrenagem do escapo possui 120 dentes, o pêndulo tem um período de meio segundo e o segundo ponteiro é conectado diretamente à engrenagem do escapo. Cada engrenagem no trem de engrenagens do peso possui uma relação de 8:1, então a relação do trem completo é 492:1.

Você pode ver que se você deixar a engrenagem do escapo por si só mover outro trem de engrenagens com uma relação de 60:1, você poderá então fixar o ponteiro de minutos na última engrenagem desse trem. Um trem final com uma relação de 12:1 moveria o ponteiro das horas. Pronto! Agora temos um relógio.

Agora, este relógio tem dois problemas:

  1. Os ponteiros das horas, minutos e segundos estão em eixos diferentes - esse problema geralmente é resolvido utilizando hastes tubulares e depois arranjando os trens de engrenagens para que as que movem os ponteiros de horas, minutos e segundos compartilhem o mesmo eixo. As hastes tubulares de engrenagens são alinhadas uma dentro da outra. Olhe de perto para qualquer face de relógio e poderá ver esse arranjo.
  2. Como todas essas engrenagens estão conectadas diretamente juntas, não existe uma maneira fácil de dar corda ou ajustar o relógio - isso é feito freqüentemente tendo uma engrenagem que possa ser deslizada para fora do trem. Quando você puxa o pino de um relógio de pulso para ajustá-lo, é essencialmente isto que está fazendo. Na figura acima, você pode imaginar temporariamente remover a pequena engrenagem preta para dar corda ou ajustar o relógio.

Você pode ver que, ainda que todas as engrenagens em um relógio o fazem parecer complicado, o que um relógio de pêndulo faz é, na realidade, bem simples. Existem cinco partes básicas:

  • peso ou mola: isto fornece a energia para girar os ponteiros do relógio;
  • trem de engrenagens do peso: um trem de engrenagens de relação alta aciona o tambor do peso bem para cima, para que você não tenha de dar corda no relógio com muita freqüência;
  • escapo: composto do pêndulo, da âncora e da engrenagem do escapo, o escapo regula precisamente a velocidade na qual a energia do peso é liberada;
  • trem de engrenagens dos ponteiros: o trem diminui a velocidade para que os ponteiros de minutos e de horas girem nas relações corretas;
  • mecanismo de ajuste: este de alguma maneira, seja por meio de uma catraca, desprendendo ou deslizando o trem de engrenagens, permite que você possa dar corda no relógio ou ajustá-lo.

Uma vez que você tenha compreendido essas peças, os relógios se tornam uma moleza.