Convenções cartográficas

Autor: 
Tracy V. Wilson

Embora possam incorporar diversos conjuntos de dados, os mapas normalmente seguem várias convenções básicas que ajudam as pessoas a compreendê-los imediatamente. Turner explica que "[uma convenção] usada em cartografia de mapas políticos, na maior parte dos mapas, [é] que a água é azul. As pessoas podem se confundir quando você tenta usar uma cor diferente para representar algo como água". Além disso, em mapas físicos, massas de terra normalmente são castanhas ou marrons e a vegetação é verde.


USGS map
Imagem
cedida por USGS

Um mapa convencional do mundo

Os mapas representam seu assunto a partir de cima e usam linhas e cores para diferenciar as regiões. Os mapas políticos tendem a usar símbolos e tamanhos de tipos similares para indicar fronteiras, cidades e outros limites. Em muitos, mas não em todos os mapas, o norte está acima - outros mapas freqüentemente incluem uma seta para indicar direções. A maioria dos mapas possui uma legenda explicando seus símbolos e muitos têm uma escala mencionando a relação entre o tamanho do mapa e o tamanho do mundo real, como 2,5 cm para 160 km. Alguns mapas expressam a escala como uma proporção, como 1:25.000.


Paralelos e meridianos

Usando graus, minutos e segundos, os meridianos medem a que distância um local está a leste ou oeste do Meridiano principal. Os paralelos medem a que distância um local está ao norte ou ao sul do equador.

A maior parte dos mapas inclui também algum tipo de sistema de coordenadas para ajudar as pessoas a encontrar locais específicos. Em um mapa das ruas de uma cidade, isso pode ser uma grade simples designada com letras e números. Mapas maiores normalmente usam linhas imaginárias conhecidas como longitude e latitude. Em um globo, essas linhas são espaçadas ordenada e uniformemente. Todas as linhas de longitude, ou meridianos, correm em sentido norte-sul e têm o mesmo comprimento. As linhas de latitude, ou paralelos, correm todas para leste e oeste e ficam menores conforme se afastam do equador.


Os meridianos são numerados de 0 a 180 graus leste e oeste. Os paralelos seguem de leste para oeste e são numerados de 0 a 90 graus norte e sul
Os meridianos são numerados de 0 a 180 graus leste e oeste. Os paralelos vão de leste para oeste e são numerados de 0 a 90 graus norte e sul.

Os mapas, por outro lado, podem desproporcionar os paralelos e meridianos. Isto porque a Terra tem aproximadamente o formato de uma abóbora, e fazer um pedaço plano de papel parecer exatamente com a superfície de uma abóbora não é fácil. É possível ter uma idéia das dificuldades envolvidas fazendo um desenho em um balão inflado. Depois, estique o balão vazio até ficar plano. Você ainda pode imaginar a aparência da figura original, mas os tamanhos e as formas estão todos desproporcionados.


An inflated balloon with a flower drawn on it


The same balloon, deflated


Você pode tornar o desenho no balão vazio um pouco mais preciso cortando-o em pedaços para que o balão se pareça com gomos usados para fazer globos esféricos a partir de papel. Infelizmente, a série de segmentos pontudos resultante ainda não se parece muito com o desenho original. As partes adjacentes não tocam umas nas outras e você tem que imaginar com que se pareceriam sem as lacunas.


The zodiacal constellations of Gemini, Cancer, and Leo  illustrated on these two globe gores from the 1615 celestial globe issued by the Dutch map maker Jodocus Hondius.
Imagem
cedida por USGS

As constelações de Gêmeos, Câncer e Leão ilustradas em dois conjuntos de gomos a partir de um globo celeste de 1615

Para evitar as ineficiências do papel, os cartógrafos usam uma variedade de projeções de mapas. Vamos explorá-las na próxima seção.