Características especiais

Autor: 
Marshall Brain

Os crocodilianos possuem algumas características especiais que fizeram que chegassem aos 180 milhões de anos.

Por exemplo, são blindados. Placas de ossos dentro da pele, chamadas de osteodermas ou escudos, tornam sua pele muito difícil de ser penetrada. Quando você observa as estrias sobre as costas de um desse répteis, cada pequeno ressalto é feito de um pedaço de osso naquela seção da pele.

Cada ressalto nas costas dos crocodilianos é chamado de escudo. Dentro do escudo há um osso que ajuda a proteger o jacaré de algum ataque.

Como cansar um jacaré
Como os jacarés têm sangue frio, possuem pulmões muito pequenos se comparados aos dos mamíferos. Isso significa que, quando estão correndo, lutando ou brigando, os jacarés usam a respiração anaeróbica (sem oxigênio) para movimentar seus músculos. Os mamíferos, por outro lado, usam respiração aeróbica para a maioria das atividades, como andar ou realizar caminhadas. O corpo humano só utiliza a respiração anaeróbica quando faz atividades como correr a toda velocidade ou levantar pesos, que exigem que a energia seja produzida mais rápido do que a disponibilidade de oxigênio.

Um jacaré de grande porte pode se empenhar não mais do que 30 minutos antes de ficar completamente exausto. Depois disso, levará várias horas até se recuperar. Isso significa que uma maneira de se capturar um jacaré é persegui-lo até que fique exausto.

Embora os aligatores e jacarés sejam enormes e tenham sangue frio, eles podem ser bastante rápidos, podendo atingir a velocidade de 17 km/h em distâncias curtas. Para efeito de comparação, os recordistas mundiais em arrancadas de 100 metros atingem quase 32 km/h, mas uma pessoa adulta normal não é mais rápida do que um jacaré. Isso permite aos jacarés escapar da maioria das situações de perigo na terra e entrar na água.

Os olhos do jacaré têm dois conjuntos de pálpebras. As pálpebras externas são como as dos humanos. Elas são feitas de pele e fecham de cima para baixo. As pálpebras internas são claras e fecham de trás para a frente. Enquanto o jacaré fica de tocaia ou nadando, essas pálpebras internas protegem seus olhos e fornecem uma visão mais clara quando ele está debaixo d'água.


Foto cedida pela Alligator Adventures, em Myrtle Beach, EUA
 Vista da válvula palatal, que cobre a garganta do jacaré para isolar a água dos pulmões e do estômago quando ele fica submerso

Quando nadam debaixo d'água, os jacarés e aligatores são à prova d'água. Abas fecham os ouvidos e as narinas, as pálpebras internas protegem os olhos e uma aba especial chamada de válvula palatal fecha na parte de trás da garganta para isolar a água da garganta, estômago e pulmões. Os jacarés podem permanecer embaixo d'água por bastante tempo. Um mergulho típico pode durar de 10 a 20 minutos. Um jacaré pode permanecer debaixo d'água por 2 horas se estiver descansando. Na água muito fria, o jacaré pode ficar até 8 horas submerso.