Como funcionam os habitantes das cavernas

Autor: 
Ed Grabianowski

O estereótipo do homem das cavernas é o de uma figura brutal, grosseira, fisicamente forte, mas pouco inteligente. Cabeludos e carrancudos, comunicando-se através de gestos e grunhidos rudes, os habitantes das cavernas normalmente são vistos em filmes e programas de TV, que não se preocupam muito com a exatidão antropológica.

Quem eram os verdadeiros habitantes das cavernas? Os homens das cavernas realmente existiram, embora não nos moldes de Hollywood (em inglês). Os homens primitivos e espécies semelhantes ao ser humano usavam as cavernas como abrigo e o pouco que sabemos sobre eles é resultado do que deixaram marcado nos próprios lugares onde viveram.

Homem das cavernas

istockphotos/Klaus Nikesn

'Ferreiros' da Idade da Pedra

Cientistas descobriram que nossos ancestrais pré-históricos começaram a usar o fogo para produzir ferramentas há pelo menos 72.000 anos - uma diferença de mais de 45.000 anos em relação à antiga teoria.

 

Por muito tempo, os cientistas discutiram o papel que as cavernas tiveram no desenvolvimento dos homens primitivos. Nunca saberemos a história completa, mas podemos definir alguns aspectos da vida pré-histórica dos habitantes das cavernas por meio de locais arqueológicos, como Lascaux. Dentro dessa famosa caverna na França (em inglês), há uma coleção de incríveis pinturas que mostram uma vida simbólica, possivelmente religiosa, dos homens primitivos.

Mas as moradias em cavernas não se limitaram às espécies primitivas - algumas cavernas foram ocupadas por milhares de anos, mesmo nos tempos modernos. Algumas pessoas, ainda hoje, preferem viver em casas construídas em cavernas, pois são eficientes, resistentes e ecologicamente corretas.

Como seria viver em uma caverna? Por que alguém moraria em uma e o que os arqueólogos encontraram preservado dentro delas? Vamos explorar as vantagens e desvantagens da vida na caverna e visitar as moradias nas cavernas mais famosas do mundo.

A terrível história de Sawney Bean

Alexander "Sawney" Bean, supostamente, foi um canibal que viveu em uma caverna na Escócia, no século 17. Ele não cometeu atos sanguinários sozinho - sua esposa, além de 45 filhos e netos (a maioria fruto de incesto) também habitaram uma caverna isolada por 25 anos. Eles atacavam, matavam e comiam viajantes solitários. A perversidade chegou ao fim quando o rei da Escócia enviou um grupo de homens armados à caverna para capturar a família Bean, que foi executada [fonte: BBC (em inglês)].

Bem provável que essa fantástica história seja um mito, já que existem poucos relatos nas publicações locais. Não foi encontrado nenhum registro oficial que confirme a existência dessa família e a natureza aterrorizante do caso (sem falar do envolvimento direto do rei), certamente, teria deixado mais evidências concretas.

Teste seus conhecimentos sobre:

homem das cavernas