O que é uma floresta tropical?

Autor: 
Tom Harris

Falando de forma geral, floresta tropical é um ambiente que recebe muita chuva, onde predominam as árvores altas. Uma grande parte dos ecossistemas entra nessa categoria, incluindo as antigas florestas temperadas do noroeste do Pacífico. Mas na maioria das vezes quando as pessoas falam sobre florestas tropicais, se referem àquelas localizadas perto da linha do Equador.

Estas florestas, concentradas na África, Austrália, Ásia e Américas Central e do Sul recebem entre 406 a 1016 cm de chuva por ano. Diferentemente das florestas mais distantes ao norte e sul, florestas tropicais não têm uma "estação seca". Na verdade, elas não têm estações diferenciadas. O total de chuvas anuais é bem distribuído durante o ano todo, e a temperatura raramente cai abaixo dos 16ºC.

O clima estável se dá devido à posição dessas florestas no globo. Devido à orientação do eixo da Terra, os hemisférios norte e sul passam parte do ano inclinados em relação ao sol. Como as florestas tropicais estão na metade do globo, localizadas perto da linha do Equador, elas não são  afetadas por essa mudança. Por isso, recebem quase o mesmo tanto de luz solar e de calor o ano todo. Conseqüentemente, o clima nessas regiões permanece razoavelmente constante.

O clima constantemente úmido e quente e a ampla luz do sol dá às plantas tudo que elas precisam para se desenvolver. As árvores têm os recursos para crescer a alturas espetaculares e elas vivem por centenas, até milhares de anos. Estas árvores gigantes, que atingem de 18 a 46 metros, formam a estrutura básica da floresta. Seus galhos mais altos se espalham para capturar o máximo de luz solar. Isso cria uma grossa cobertura no topo da floresta, com níveis menos densos de vegetação na parte inferior. Algumas árvores grandes, chamadas emergentes, crescem a mais de 75 metros e chegam a cobrir a copa das árvores.


Foto cedida por Todd Fearer
Estas árvores cresceram sobre a cobertura da floresta

Quanto mais você desce na floresta, menos vegetação encontra. O solo da floresta é feito de musgo, fungos e matéria de plantas que cai das camadas mais altas. O motivo para a diminuição na vegetação é muito simples: a superabundância de plantas colhendo luz solar no topo da floresta bloqueia a maior parte da luz solar que poderia atingir a base da floresta. Os níveis mais baixos da selva são muito escuros, dificultando o desenvolvimento de plantas robustas. Apenas 1% da luz que ilumina as florestas atinge os níveis mais baixos.

Isso permite uma fascinante comunidade biológica onde uma planta tenta sobreviver para alcançar 30 m de altura, e a maioria do alimento para os animais vem de cima. Nas próximas seções, veremos algumas das plantas e animais das selvas para entender como eles vivem e interagem nesse mundo suntuoso e altamente competitivo.