Os prós e os contras dos sistemas hidráulicos

Autor: 
Tom Harris

A principal vantagem dos sistemas hidráulicos é que eles podem facilmente multiplicar a força relativamente fraca da bomba ao gerar mais força necessária para levantar o carro do elevador (veja Como funcionam as máquinas hidráulicas para saber mais).

Mas esses sistemas apresentam duas desvantagens principais. O principal problema é o tamanho do equipamento. Para o carro do elevador ser capaz de alcançar os andares mais altos, você tem que fazer o pistão mais longo. O cilindro tem de ser um pouco maior que o pistão, é claro, já que o pistão precisa ser capaz de dobrar todo o trajeto quando o carro está no primeiro andar. Resumindo, mais andares significam um cilindro mais longo.

O problema é que a estrutura do cilindro inteiro deve ser enterrada abaixo do fundo do elevador. Isso significa que você tem que cavar mais fundo à medida que faz mais andares. Construir mais alguns andares encarece o projeto. Para instalar um elevador hidráulico em um prédio de 10 andares, por exemplo, você precisaria cavar no mínimo nove andares! Alguns elevadores hidráulicos não exigem uma escavação tão profunda. Veja este site (em inglês) para aprender sobre esses sistemas.

A outra desvantagem de elevadores hidráulicos é que eles são ineficientes. É necessária muita energia para levantar um elevador a vários andares, e em um elevador hidráulico padrão não há meio de armazenar essa energia. A energia de posição (energia potencial) somente funciona para empurrar o fluido de volta para o tanque. Para levantar o carro do elevador novamente, o sistema hidráulico tem que gerar a energia toda de novo.

projeto do elevador elétrico possui quase os mesmos problemas. Na próxima seção, vamos descobrir como funciona esse sistema.