Levando comida ao espaço

Autor: 
Stephanie Watson

Cerca de um mês antes do lançamento de uma missão, toda a comida que será levada a bordo é embalada e armazenada em congeladores instalados no Centro de Vôo Espacial Johnson. Três semanas antes do lançamento, ela é transportada para o Centro Espacial Kennedy, na Flórida, e embarcada no ônibus espacial dois ou três dias antes do lançamento.

Astronauta e bolo de aniversário
Time Life Pictures/NASA/Time Life Pictures/Getty Images
Ocasionalmente a comida espacial nem é consumida: o astronauta Daniel Brandenstein mostra o bolo inflável da festa de seu 47° aniversário, a bordo do ônibus espacial Columbia

O ônibus espacial carrega cerca de 1,7 kg de alimentos, dos quais 450 gramas correspondem ao peso da embalagem, por astronauta/dia. Os astronautas recebem três refeições ao dia, além de pequenos lanches para os intervalos. Um sistema de reserva, o Sistema de Refúgio Alimentar, provê duas mil calorias adicionais ao dia por astronauta. O objetivo é sustentar a tripulação por três semanas adicionais, em caso de emergência.

As refeições ficam armazenadas em armários dotados de bandejas, na ordem em que serão consumidas pelos astronautas. Considerando que uma missão espacial pode levar meses, a comida no espaço precisa ser projetada e embalada para evitar deterioração. Como o ônibus espacial não dispõe de um refrigerador, os alimentos precisam se manter frescos em temperatura ambiente. Existem diversas maneiras pelas quais a comida espacial pode ser preparada.

  • Alimentos reidratáveis (ou congelados a seco) - a água é removida do alimento durante o processo de embalagem. Sopas, ovos mexidos e cereais matinais são embalados dessa forma.
  • Alimentos de umidade intermediária - apenas uma parte da água é removida. Pêssegos, peras e damascos secos são exemplos de alimentos de umidade intermediária.
  • Alimentos termoestabilizados - os alimentos são processados a quente, de forma a destruir bactérias e outros organismos, o que permite que sejam armazenados em temperatura ambiente. Frutas e atum são preservados desse modo.
  • Alimentos irradiados - as carnes são cozidas, embaladas em bolsas metálicas e brevemente expostas a raios gama ou feixes de elétrons, de modo que não desenvolvam bactérias. A Organização Mundial de Saúde (OMS) e a Associação Médica Americana afirmam que alimentos irradiados podem ser consumidos sem problemas.
  • Alimentos em forma natural - barras de granola e biscoitos são exemplos de alimentos com maior duração. Eles são conservados em bolsas de fácil acesso.
  • Alimentos frescos - frutas e legumes geralmente são embalados em sacos plásticos e sanitizados com cloro para preservar o frescor. No entanto, sem refrigeração a bordo do ônibus espacial, esses alimentos precisam ser consumidos nos dois ou três primeiros dias da missão ou irão se estragar.

As embalagens dos alimentos são projetadas para serem fáceis de usar e pequenas o bastante para disposição no compactador de lixo de bordo, mas também precisam ser resistentes o suficiente para manter a comida fresca por um ano. Alimentos reidratáveis são embalados em vasilhas flexíveis com tampas. Um prendedor de tecido prende a vasilha à bandeja. Os alimentos também podem ser embalados em latas com tampas removíveis, copos plásticos ou bolsas flexíveis. Os astronautas acrescentam água às vasilhas de alimentos reidratáveis e às suas bolsas de bebidas por meio de uma pequena abertura conhecida como adaptador de septo.

Condimentos como catchup, mostarda e maionese têm embalagens próprias. Sal e pimenta são armazenados em forma líquida, de modo que os cristais ou grânulos não voem. O sal é dissolvido em água, enquanto a pimenta fica suspensa em óleo.

O ônibus espacial obtém seu suprimento de água de células combustíveis, que produzem eletricidade ao combinar hidrogênio e oxigênio, os principais componentes da água. Na Estação Espacial Internacional, a água é reciclada do ar da cabine. Como há pouca água de sobra, a maior parte da comida da estação espacial é termoestabilizada e não desidratada.

Mas como os astronautas preparam uma refeição em microgravidade? E o que comerão os astronauta em futuras missões? Descubra na próxima seção.