8 - Ponte Oresund

Autor: 
Tom Harris

Ponte Oresund é um milagre da engenharia moderna; carrega trens e carros sob e sobre o estreito de Oresund, entre a Dinamarca e a Suécia
Creative Commons
Ponte Oresund é um milagre da engenharia moderna; carrega trens e carros sob e sobre o estreito de Oresund, entre a Dinamarca e a Suécia

Construir uma ponte de uso específico é um feito de engenharia complexo. Agora adicione outros fatores mais complicados, como uma ponte que transporte tanto carros quanto trens. E acrescente discretamente a essa ponte um túnel submerso. Esses eram os requisitos de projeto que os engenheiros tinham em mãos quando começaram a planejar como ligar a Dinamarca à Suécia através do Estreito de Oresund. Sua solução foi um dos maiores projetos em infraestrutura na história européia: o Oresund Fixed Link, que custou US$ 3 bilhões [fonte: Lundhus].

O Fixed Link, na verdade, consiste de três partes principais. Se você está viajando de Copenhagen para Malmö, na Suécia, a primeira coisa que você encontra é um túnel submerso de 4 km de extensão. De volta ao nível do mar, você emerge do túnel sobre Peberholm, uma ilha artificial construída de material descartado durante a construção. Depois de Peberholm, você acessa a perna final do Fixed Link, uma ponte estaiada que se estica por 8 km e termina em solo sueco.

Coletivamente, a Oresund Fixed Link é um milagre da engenharia moderna. Ela é a mais longa ponte estaiada do mundo para carros e trens [fonte: Oresund Bridge Web site].
Suas torres têm 204 metros de altura e fornecem visibilidade de navegaçãp de 57 metros sob o vão principal. A ponte tem dois níveis, com os trilhos do trem correndo ao longo do deck mais baixo e a rodovia, no deck superior.

Felizmente, os construtores da ponte Oresund não tiveram de lidar com terremotos e outras atividades sísmicas durante a construção. Os engenheiros encarregados da próxima ponte da nossa lista não tiveram tanta sorte.